Tendências Marketing Digital 2019 | Ivo Pontes - Marketing Digital
2044
single,single-post,postid-2044,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Tendências Marketing Digital 2019

Tendências Marketing Digital 2019

tendencias-marketing-digital-2019

O marketing digital não pode ser ignorado e ninguém pode pôr em causa o poder que este tem. Uma campanha de marketing bem concebida pode satisfazer as necessidades de qualquer empresa, expor o seu produto e garantir o sucesso do mesmo. Mas, os tempos mudam, os anos passam e já estamos em 2019. Se quer chegar onde estão os seus futuros clientes então precisa de ter uma presença digital eficaz.

Redes sociais, streaming e a facilidade com que se pode criar conteúdo digital fizeram com que a internet seja o ponto de paragem para qualquer empresa. Neste artigo vamos então abordar novas tendências e dar foco também a outras que começaram a ganhar terreno.

Receba dicas para melhorar o seu negócio. Subscreva a newsletter aqui!

1# Inteligência Artificial

Sim, o futuro está a aproximar-se rapidamente e este termo começa a ganhar fulgor para este e os próximos anos.

Ao analisar os padrões de utilização dos utilizadores, é possível então adaptar e dirigir com mais eficiência a informação que este procura. Até agora este processo dependia da mão humana ao compilar relatórios minuciosos em que depois seria analisado e debatido em que ao menor erro de julgamento levaria a uma fraca conversão. A Inteligência Artificial vem então (apesar de ainda necessitar uma mão humana) automatizar este processo e aumentar a taxa de sucesso. Negócios que estejam a implementar este tipo de estratégia verão os seus custos a reduzir e vão notar num crescimento do seu negócio, conseguindo então uma vantagem em relação aos seus concorrentes.

Esta tendência torna-se ainda mais útil quando utilizada também no suporte prestado aos clientes, sendo que a personalização da mensagem e o tempo de resposta são algo que faz com que o cliente se sinta único e valorizado pela sua empresa.

2# Facebook e Instagram

Decidimos juntar estes dois colossos de redes sociais no mesmo ponto, porque apesar de um existir sem o outro, são raros os casos em que um utilizador que tenha uma conta e essa não é acompanhada com a outra.

Apesar do “pequeno” soluço que o Facebook teve em 2018 vendo a informação privada de 14 milhões de utilizadores serem partilhados, continuam a ser a rede social número 1.

É importante que os profissionais de marketing comecem a ter noção que certas campanhas não são apropriadas para esta rede social e que voltem a verificar quem é o seu público-alvo, especialmente quando se pensa na transição que houve da população mais nova para o Instagram, daí juntarmos os dois nesta categoria. Em suma, Facebook Social Network #1 mas quem navega por lá está mais “esperto” devido à quebra de confiança.

Agora vem a parte engraçada, apesar de o Facebook ver muitos dos seus utilizadores perder a confiança e fugir para outra plataforma, esta fuga foi feita para uma rede social que o Facebook comprou chamada… Instagram. Se o seu público-alvo são pessoas com idade inferior a 30 anos, o Instagram está cheio deles.

3# Chatbots

Já tínhamos mencionado no nosso artigo das tendências de 2018 e voltamos a mencionar neste artigo de tendências 2019. Porquê? Porque é um facto que os Chatbots chegaram para ficar e que cada vez mais empresas os estão a usar.

Para quem não sabe, Chatbots são um tipo de software que funciona como “concierge”, comunicando com os utilizadores e dando assistência.

Os Chatbots já são usados por milhares de empresas no Facebook nem sempre com o mesmo objetivo.

Desde providenciar informação sobre o tempo até às funções mais básicas de suporte podem ser ligadas por este tipo de software. Esta informação pode ser personalizada de utilizador para utilizador e ajuda a tirar carga laboral do departamento de suporte. A eficácia na utilização de Chatbots em 2018 aumentou bastante e prevê-se que em 2019 esta tendência se mantenha.  

4# Vídeo Marketing

Tal como os Chatbots, convém manter o marketing através de vídeos, sendo que, esta tendência continua a ter espaço no ano de 2019, senão vejamos os seguintes números:

  • 70% dos consumidores admitiram que partilharam um vídeo de uma marca.
  • 72% das empresas dizem que vídeos melhorou a sua taxa de conversão.
  • 52% dos consumidores admitem que ao visualizar vídeos este melhoram a sua confiança em decisões quando compram online.

Fonte: Statista

Vídeo normalmente é sinónimo de YouTube, porém essa percepção tem que mudar! Os vídeos podem ser partilhados no Instagram ou LinkedIn ou pode até ser mesmo efetuada uma transmissão em direto no Facebook.

Este tipo de transmissão em direto do Facebook tem ganho bastante popularidade, com muitas empresas a fazê-lo, seja a mostrar certos produtos, a mostrar “behind the scenes” de certos eventos, a vida no escritório ou como certos produtos são feitos.

Com o decréscimos de custo dos materiais para filmar e com a subida da qualidade das câmaras dos smartphones, as empresas e os profissionais de marketing estão agora virados para a personalização de mensagens de vídeo (estratégia 1:1 vídeo).

5# Anúncios In-App chegaram

De acordo com o site Statista, 2.01 biliões de utilizadores de smartphones utilizam Apps de mensagens para comunicar em 2018, esse número está projetado chegar aos 2.48 biliões em 2021.

Em Agosto de 2018 o Whatsapp Messenger foi a App mais descarregada para utilizadores de Android e todos os dias é utilizada por mais de 450 milhões de pessoas tanto em iOS como Android, não esquecendo o Facebook Messenger que tem 1.3 biliões de utilizadores.

Este é o ano para começar a experimentar este tipo de publicidade e envolver-se com esta massa de utilizadores.

6# A sua voz comanda

Siri. Alexa. Ok Google. Quem nunca? A interação verbal começa a dominar a utilização dos smartphones. A verdade é que falar com uma máquina tornou-se simplesmente a maneira mais prática de utilização e as “máquinas” começam a perceber isso. Todavia, continua a ser algo que desafia o utilizador, quando se faz uma pesquisa “tradicional” escrevendo algo, existem sugestões e uma página de resultados, enquanto que quando existe um comando de voz a resposta do nosso aparelho poderá ser só uma acompanhada por vezes de uma alternativa.

Isto significa que tem que se começar a ponderar uma preparação para este tipo de pesquisas, pois é uma área que começa a ganhar ímpeto e não pode ser ignorada pois as pessoas começam a utilizar cada vez mais estes comandos de voz. Por exemplo, a escrita de meta-descrições num website terá que ser otimizada para estas pesquisas de voz para que o comando seja ativado quando o utilizador fala em voz alta.

7# Personalização é o caminho

Para ficar na vanguarda de 2019, tem que haver uma personalização da mensagem para o utilizador. Já foi aqui dito que o utilizador gosta de se sentir único, gosta de ter feedback imediato e tem que ser especial, sendo assim é melhor rever a sua estratégia de conteúdos, produtos e email marketing.

Com a tecnologia de hoje em dia é possível extrapolar informação dos softwares que utiliza, para poder analisar hábitos dos seus clientes, delineando então uma estratégia mais eficaz para uma venda suave e bem sucedida. Esta personalização ajuda a estabelecer uma ligação com o seu consumidor.

Um ótimo exemplo desta personalização é a Netflix, quando faz login na sua conta, tudo o que aparece está personalizado para si, desde os banners ao carrossel, a ordem, o texto e as pesquisas foram talhadas especialmente para esse utilizador. Como eles costumam dizer: Personalização = Aproveitamento máximo + Mínimo de tempo de pesquisa.

8# Automatização

A automatização está bastante ligada à personalização pois muitas empresas podem agora enviar diferentes emails a subscritores consoante os seus interesses e determinados conteúdos com que interagem.

Com o novo acordo do RGPD, o utilizador só recebe aquilo a que deu consentimento. Apesar de se ter tornado uma barreira, poderemos analisar e dizer que neste momento os inscritos são potenciais clientes que subscreveram de livre vontade para saber mais, são leads no seu estado mais puro, são futuros clientes que poderão fazer a sua primeira compra!

Está na hora de nutrir estas leads, crie automatização em relação aos seus comportamentos, enviando então de forma simples a informação que ele procura.

O Marketing Automatizado já é uma tendência nestes últimos anos, mas é também uma tendência que irá crescer em 2019 devido aos seus grandes benefícios como:

  • Eliminação de tempo perdido.
  • Minimiza o erro.
  • Incentiva a colaboração (entre o departamento de marketing e de vendas).

 

Qual a tendência de marketing mais importante para si e sua empresa em 2019? 

Responda no nosso post sobre tendências de marketing digital para 2019 e veja as respostas de outras pessoas como você.