Storytelling: O ingrediente em falta! - Marketing Digital - Algarve, Portugal
1368
single,single-post,postid-1368,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Storytelling: O ingrediente em falta!

Storytelling: O ingrediente em falta!

Storyletting Marketing Digital
A indústria hoteleira descobriu há anos como resolver parte do problema, pelo menos os players mais competitivos.

Estes deixaram de vender quartos para vender experiências, sendo que cada segmento, dependendo de ser um jovem casal ou um grupo de golfistas, responde a diferentes estímulos, ou seja, a estórias diferentes.

Agora, a outra parte do problema é como contar uma estória que faça com que estas pessoas sonhem e cliquem no botão “reservar”.

Uma boa estória conseguirá ultrapassar todas as barreiras!

Tem vindo a registar-se nos últimos anos um aumento significativo da procura de serviços de marketing no contexto digital na região do Algarve, especialmente nos setores imobiliário e hoteleiro.

Existe também, de modo geral, maior sensibilização para a contratação de pessoas e empresas com capacidades para operar na web.

Com mais frequência que gostaríamos, ouvimos falar em marketing digital como se fosse a resposta para todos os problemas, no entanto, é importante salientar que o marketing digital é uma versão melhorada do marketing tradicional.

Na sua génese, obedece às mesma regras básicas. Esta ideia mal concebida tem muitas vezes como consequência clientes com expectativas demasiado elevadas que veem o marketing digital como uma espécie de Voodoo. Uma situação que não beneficia nenhuma das partes.

O que motiva a procura por serviços de marketing digital é a necessidade de resolver problemas, no sentido de sair de uma posição menos confortável ou ir além da zona de conforto em busca do derradeiro prémio.

Em circunstâncias semelhantes todas as marcas seriam bem sucedidas e estariam numa espiral infinita de vendas de sucesso, na verdade não é assim e o crédito vai para as que descobrem ao longo do tempo como o fazer.

Agora, voltando ao storytelling.

Fazer a ligação emocional com um cliente e identificar a sua dor fará a diferença. Identifique a dor e terá a sua estória para contar!

É simples. O problema é a dor que cada um de nós sente.

No contexto business-to-business, o pequeno empresário quer atingir a felicidade ao lucrar o suficiente para evoluir a sua atividade, remunerar os colaboradores, trocar de carro a cada quatro anos, levar a  mulher às Caraíbas de férias todos anos, inscrever os filhos em universidades de referência e talvez devolver qualquer coisa à comunidade através de um gesto solidário.

O que acha que o gestor quer atingir? Provavelmente no seu íntimo a mesma coisa. E você o que precisa? Poderá estar relacionado com o facto de estar a ler este artigo?

Consegue estabelecer uma ligação emocional com os seus clientes e perceber quais são as suas dores?

A ligação emocional como resolução do problema.

Numa sociedade “sempre online” onde é possível alcançar cada vez mais pessoas através de diversos meios de comunicação, a dificuldade passa por comunicar a mensagem de forma eficiente entre a densa multidão digital de utilizadores e anunciantes.

O que fazer?

Encontrar a ligação emocional é o mais importante atualmente se se quiser destacar, mesmo num contexto business-to-business. Afinal, são pessoas que estão por detrás dos negócios e frequentemente tomam decisões emocionais tentando justificá-las de forma racional.

Três regras de ouro para a base de toda a sua comunicação, digital ou não:

  1. Conheça o seu produto como ninguém. Todos os detalhes, as diferentes aplicações, características, vantagens e desvantagens. Não remova desta equação pedir a ajuda dos consumidores do seu produto no sentido de entender como pode melhorar.
  2.  Conheça as pessoas. Saiba tudo sobre os seus clientes-alvo. É essencial ter um breakdown dos diferentes perfis de cliente-alvo em termos demográficos e comportamentais. A sua comunicação tornar-se-á mais eficiente.
  3. Descubra a dor. Resolva o problema. Conte uma estória. Utilize a seu favor a arte de storytelling para estimular a sua audiência e verá que os resultados surgirão.

 

Brevemente um artigo sobre técnicas de storytelling.

 

Ajude a fazer crescer a nossa comunidade de fãs no Facebook. Visite a página agora!