Tendências Marketing Digital 2017 | Ivo Pontes - Marketing
1337
single,single-post,postid-1337,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Tendências Marketing Digital 2017

Tendências Marketing Digital 2017

Janeiro é a época do ano em que cada estratega deve analisar o desempenho do ano passado. Afinal, se não está a prestar atenção ao que funcionou (ou não funcionou) nos últimos 12 meses, como vai saber o que ajustar nos próximos meses?

 

1. Conteúdo Interativo

Para além do conteúdo que consegue ler, existe o conteúdo com o qual pode interagir. A segunda opção tende a ser mais popular. Pense em maneiras de conseguir que os consumidores participem ativamente em vez de consumir passivamente. O conteúdo interativo pode incluir avaliações, pesquisas, infográficos ou concursos.

 

2. Vídeo Mobile

Já olhou para o seu feed de notícias do Facebook recentemente? As possibilidades são que 90% do conteúdo seja vídeo. Agora vivemos numa era de vídeo móvel, está na hora de abraçar esta realidade.

 

3. Realidade Virtual e Aumentada

Um dos maiores destaques de 2016 foi assistir aos utilizadores de dispositivos móveis pelo mundo fora a apanhar, sim, Pokemons. O mais relevante deste fenómeno neste contexto foi a capacidade da realidade aumentada de gerar resultados comerciais reais. Isto tornou-se uma opção seriamente viável para os comerciantes que procuram trazer o online para o mundo real.

 

4. Estratégia Mobile First

O futuro é móvel. O tráfego da Internet agora provém em certos casos mais de dispositivos móveis que de computadores de mesa. Se não estiver a produzir conteúdos, anúncios e experiência online para utilizadores móveis, perderá uma grande oportunidade.

 

5. Publicidade nativa

Os consumidores estão a ficar imunes às artimanhas dos anunciantes, pelo que é cada vez mais difícil manter sua atenção. A publicidade nativa significa integrar seus esforços de publicidade em conteúdo que já fornece valor aos consumidores. Por esta razão, tende a ser mais eficaz. Procure integrar a sua publicidade numa narrativa maior, em vez de apenas bombardiar as audiências.

 

6. Data Driven Marketing

Existem dois tipos de anunciantes: aqueles que querem usar o que é popular e aqueles que usam o que funciona, independentemente de ser popular ou não. A recolha e análise de dados dir-lhe-á o que realmente faz sentido.
 

Ajude a fazer crescer a nossa comunidade de fãs no Facebook. Visite a página agora!