Tendências Marketing Digital 2016 - Ivo Pontes - Marketing Digital
518
single,single-post,postid-518,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Tendências Marketing Digital 2016

Tendências Marketing Digital 2016

4 Tendências para 2016

Está na altura de se livrar das velhas práticas, não sinta remorsos, se não funciona, jogue fora! Tenha atenção às métricas de vaidade, cuidado com os page likes e termos como engagement. Experimente novas ferramentas de automação, recolha contactos, capte leads, pense no conteúdo adaptado a dispositivos móveis e a acima de tudo, teste e analise os resultados.

 

1. Marketing de Conteúdos

Lembre-se que o conteúdo submetido hoje será pesquisável daqui a 10 anos. Seguramente, medidas necessárias terão de ser tomadas para que isso aconteça, tais como a aplicação de técnicas de SEO, mas primeiro o mais importante, o conteúdo! Conteúdo criativo e de elevada qualidade, que capte a atenção dos utilizadores e resista ao teste do tempo, esta é a principal tendência para 2016. Entretenha, eduque, convença e inspire os seus clientes com vídeos, fotografias, artigos, infográficos, case studies, ebooks, guias, jogos, quizzes, etc. Aposte no conteúdo, não se arrependerá.

 

2. Mobile Marketing

2015 foi caracterizado por um crescimento massivo relativamente à utilização de dispositivos móveis. Portanto, é sem surpresa que vamos assistir a um aumento das iniciativas de mobile marketing em 2016. Vejamos, todos os tipos de conteúdos que estamos habituados a absorver em dispositivos media tradicionais serão adaptados àqueles pequenos dispositivos móveis que nos ligam ao resto do planeta e transportamos para todo o lado desde o momento em que nos levantamos. É muito provável que esteja a ler este artigo no seu smartphone.

 

3. Email Marketing

O email marketing está para ficar. Com a proliferação das redes sociais e o aparecimento de novos serviços de mensagens como o Facebook Messenger, o WhatsApp, Viber, etc., especulou-se muito em relação a se o email deixaria o seu lugar de destaque. Na verdade, continua a ser o canal de eleição para comunicações assíncronas oficiais. Espere mais 30 anos até que o email desapareça!

 

4. Social Media

Nos últimos anos o Facebook tem vindo a limitar o alcance orgânico das publicações, por outro lado aumentou em 400% o investimento mínimo diário, ou seja de 1 para 5 euros diários. Agora é tempo de pagar para alcançar a sua audiência. Este é um comportamento que se espera de todas as redes sociais que atinjam o estado de maturidade. Está na altura de ser criativo e conhecer bem os seus clientes de modo a segmentar a sua comunicação e impactar o seu público-alvo de forma eficiente. Este ano vamos assistir a um aumento de criatividade nas peças de comunicação com destaque para a abordagem mobile first e storytelling. Acabou-se o amadorismo no Facebook, agora é a sério, basta olhar para a sua concorrência… Já deu uma olhada certo?

 

Atividades de Marketing Digital

O termo “marketing digital” inicia uma longa jornada a caminho da sua obsolescência, sendo que o digital é limitativo no que diz respeito às estratégias verdadeiramente inteligentes que são integradas e transversais. A utilização do termo “digital” numa lógica macro deixa de fazer sentido e o verdadeiro desafio passa por integrar o marketing digital com o tradicional e deixar de pensar no marketing digital como um add-on essêncial e sim como uma parte integral de uma estratégia sólida.
 

Ajude a fazer crescer a nossa comunidade de fãs no Facebook. Visite a página agora!